Como Regularizar seu CPF com a receita

O Cadastro de Pessoa Física, mais conhecido como CPF, é um documento de grande importância para os brasileiros. Sem ele, o cidadão fica impedido de executar determinadas atividades, como, por exemplo, prestar um concurso público. Este documento pode ser emitido gratuitamente, assim como outros. Ele concentra informações pessoais referente à seu nome e também alguns dados financeiros. Muitas vezes, por alguns problemas, o CPF pode apresentar algumas irregularidades. Então, é preciso que o cidadão vá até uma agência da Receita Federal solucionar esse problema. .

Como consultar situação cadastral do CPF

Antes de regularizar seu CPF, é possível se informar previamente sobre a situação cadastral do documento. A consulta a essa situação é também gratuita e pode ser realizada em dentro de poucos minutos. Portanto, caso queira conferir como consultar situação cadastral do documento, o processo se resume aos seguintes passos:

1 – Primeiramente, o cidadão deverá acessar o site da Receita Federal, mais especificamente o site de consulta a situação cadastral, pelo seguinte endereço eletrônico: https://www.receita.fazenda.gov.br/Aplicacoes/SSL/ATCTA/CPF/ConsultaSituacao/ConsultaPublica.asp.

2 – Na página da Receita Federal, o usuário deverá preencher um formulário com os dados solicitados. Na situação, o formulário pede as seguintes informações:

  • Número do CPF
  • Data de Nascimento
  • Não é preciso colocar hífen ou pontos no CPF e data de nascimento. O sistema se encarrega de separar todos esses dados corretamente.

3 – Ao término do preenchimento do formulário, o cidadão deverá clicar na opção “consultar”. Caso os dados estejam corretos, será imediatamente redirecionado à página de consulta a situação cadastral.

Situações de consulta

Nesta consulta à situação cadastral do CPF, a Receita Federal pode apresentar uma série de situações, são elas:

  • Regularizado: O cidadão não possui nenhum pendência no cadastro do contribuinte. Mas, tenha em mente que a pendência fiscal não é similar à pendência cadastral. Por isso, é provável que o CPF esteja em situação cadastral regular mesmo tendo pendências com a Receita Federal.
  • Pendente de Regularização: Essa situação é apresentada quando o indivíduo não entrega a Declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física (DIRPF).
  • Suspensa: O documento fica suspenso quando o cadastro do cidadão está incompleto ou incorreto.
  • Cancelada: Essa situação acontece em caso de falecimento do titular. No entanto, também pode ocorrer em virtude de decisão administrativa ou judicial.
  • Nula: O CPF é anulado quando a Receita detecta alguma fraude na inscrição.

Como regularizar

Após constatar a situação cadastral do seu CPF, o contribuinte deverá avaliar sua situação mediante as informações sobre as situações detalhadas acima. Para regularizar o cadastro de pessoa física, o cidadão pode dirigir-se até uma agência da Receita Federal ou também regularizar diretamente na internet de forma gratuita, em caso de situação suspensa.

Caso o documento esteja pendente de regularização, o contribuinte deverá fazer a entrega da Declaração de Imposto de Renda pendente. O envio deste documento é obrigatório e pode ser feito pela internet.

Alguns casos também podem ser regularizados nas agências dos Correios, Caixa Econômica Federal ou Banco do Brasil. No entanto, é preciso pagar uma taxa de R$ 7,00 pelos procedimentos de regularização do CPF.